Sinopse

Das simples lembranças de uma pequena “vila” nos anos 80, até os dramas atuais de nossa sociedade, Libélulas de Ferro nos convida à interioridade humana, à perplexidade perante a passagem do tempo e à ótica crítica e construtiva da poesia.