Psicologia E Educação Em Diálogo Com A Teoria Histórico-cultural E Na Defesa Da Humanização

Sinopse

A Teoria Histórico-Cultural, inicialmente desenvolvida por Lev S. Vygotsky no início dos anos 1900, na antiga União Soviética, busca, com o referencial do materialismo histórico-dialético, as origens das formas humanas de comportamento consciente, entendendo-as como desenvolvidas nas relações sociais, permeadas na e pela cultura. Nessa perspectiva, defende-se a importância da apropriação dos conhecimentos científicos para a formação do psiquismo, para o desenvolvimento das funções psicológicas superiores, características dos seres humanos. Com base em tais fundamentos, a teoria possibilita interlocuções entre a Psicologia e a Educação, o que se concretiza no livro Psicologia e educação em diálogo com a Teoria Histórico-Cultural e na defesa da humanização.
A coletânea tem como objetivo registrar e socializar várias escritas que contribuam para a proposição de uma escola acessível a todas as pessoas e que auxilie no processo de humanização. A publicação reúne 19 produções, entre brasileiras e estrangeiras, que se materializam em ensaios teóricos, experiências e pesquisas desenvolvidos pelas/os suas/seus autoras/es. Focaliza estudos e práticas nos mais diversos espaços em que a Psicologia e a Educação sejam convocadas a intervir na busca da defesa da emancipação humana.