Sinopse

Duas formas de expressão completam-se, a imagem e a palavra. Nos poemas deste novo livro acompanhamos mais uma vez o percurso de criação da autora; sua consciência da sonoridade e peculiar escolha de palavras, remetendo-nos à música, lugar natural do verso. Os sons que mentalmente pronunciamos no ato de leitura desses versos demonstram a conexão entre as artes. “Tenda” é metáfora de abrigo temporário. Neste novo livro, Tenda acesa, passo a passo percebe-se a interação da escrita e a energia das imagens sentidas e transmitidas com a força da vivência transformada em arte, ditada em versos, como os que compõem a seção “O ouro da vida”, minha favorita, porque é o canto da força da vida perante as certezas da passagem do tempo. A poeta nos convida a ver o caminho da recuperação dos instantes infinitos. Entendo que há conexão evidente entre as manifestações artísticas; observamos aqui também a importância privilegiada da integração entre a arte e as pessoas. Em cinquenta anos de convivência, sempre contei com ajuda de Heloísa para nomear os meus trabalhos. A imagem e a palavra caminhando juntas, intitulando-se, traduzindo-se. Só a escritora pelo hábito de criar, pensando na imagem e ...