Dom Casmurro

Um dos romances mais representativos da literatura brasileira.Amizade, ciúme, adultério, paixão, rancor, amargura e ironia… Bentinho e Capitu, adolescentes apaixonados, fazem...

ver os detalhes
Sobre A Imortalidade De Rui De Leão

Quem quer viver para sempre?Publicados pela primeira vez em 1872 e 1882, respectivamente, Rui de Leão e O imortal contam duas versões diferentes da mesma história de um homem...

ver os detalhes
Machado De Assis: Obras Completas

Joaquim Maria Machado de Assis (Rio de Janeiro, 21 de junho de 1839 — Rio de Janeiro, 29 de setembro de 1908) foi um escritor brasileiro, considerado por muitos críticos,...

ver os detalhes
Ernesto de Tal

Um conto de Machado de Assis, parte integrante do livro "Histórias da Meia Noite", publicado originalmente em 1873 pela editora Garnier. Este conto gira em torno do triângulo...

ver os detalhes
A Vida Eterna

A vida eterna foi publicado por Machado de Assis de forma avulsa, depois no jornal das Famílias, em 1870.Machado de Assis surpreende o leitor com uma história de divertido...

ver os detalhes
Aurora Sem Dia: Histórias Da Meia-noite

Histórias da Meia-Noite é uma coletânea de contos compilada em 1873, tendo alguns de seus títulos lançados originalmente em jornais nos quais Machado de Assis trabalhava. A...

ver os detalhes
Dom Casmurro: Edição Bilíngue Português-inglês

Em uma inédita e cuidada edição bilíngue português e inglês, a Editora Landmark lança uma das obras-primas de um dos maiores escritores brasileiros e da lusofonia de todos...

ver os detalhes
Memórias Póstumas De Brás Cubas: Conteúdo Adicional! Perguntas De Vestibular

"Memórias Póstumas de Brás Cubas", obra publicada em 1881, conta a história daquele que é considerado o maior hipócrita da literatura brasileira: Brás Cubas, personagem...

ver os detalhes
Conto De Escola

Conto da escola foi publicado em 1884 na Gazeta de Notícias. É passado em 1840 e narrado em primeira pessoa. O protagonista, Pilar, é o aluno que se vê às voltas com o filho...

ver os detalhes
Memórias Póstumas De Brás Cubas

Ao leitor,Que Stendhal confessasse haver escrito um de seus livros para cem leitores, coisa é que admira e consterna. O que não admira, nem provavelmente consternará, é se...

ver os detalhes
Página 2 de 11